Coronavírus: como negociar o aluguel durante a crise

como negociar o aluguel durante a crise

A redução de custos é sempre bem-vinda, ainda mais quando falamos de gastos significativos. Por isso, renegociar o valor do aluguel pode ser uma forma de economizar em meio ao cenário de incertezas desenhado pela pandemia do novo coronavírus.

Vale a pena ressaltar que nesse momento de crise, os locatários não são os únicos afetados, afinal muitas vezes o locador também precisa da renda do aluguel para sobreviver ou complementar a renda.

Agora é a hora de todos arregaçar a manga e conseguir negociar o valor do aluguel. Veja algumas dicas que separamos para você:

  • Negocie a revisão do valor do aluguel

O melhor a se fazer nesse tempo de crise, é tentar negociar o valor do aluguel com o locador. Para o dono do imóvel, o melhor é a negociação do que a entrega do imóvel.

Outra opção é acordar um desconto para ser pago em um prazo determinado. Por exemplo, desconto de 30% no valor do aluguel por 3 meses. Os outros 30% serão pagos depois da crise.

  • Interrupção do pagamento

Caso não ocorra um consenso com o proprietário do imóvel, você pode pedir um prazo de carência no pagamento na justiça. No entanto, essa ação só pode ser ajuizada por locatários com contrato com três anos já decorridos ou mais.

  • Juiz pode determinar o valor do aluguel

De acordo, com a Lei do inquilinato, durante em processo o juiz pode decidir o valor provisório do aluguel, que não pode ser menor do que 80% do estipulado pelo locador, até que o processo seja concluído.

Esperamos que tenha gostado das nossas dicas de como negociar o aluguel durante a crise! Para ver mais dicas como essa, por favor, clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *