Investir em imóveis: o que você precisa saber

Investir em imóveis

Investir em imóveis sempre foi visto como um negócio bom e seguro. É verdade que essa forma de aplicação financeira tem muitas vantagens, mas, como qualquer outra, envolve alguns riscos. Por isso, é preciso conhecer bem o mercado de imóveis para empregar corretamente o capital e ter um bom rendimento.

Mesmo com a recente crise financeira no Brasil, que atingiu o mercado de imóveis, os benefícios de investir nesse setor não desapareceram. Muito pelo contrário, eles continuam de pé, atraindo muitos negócios lucrativos.

Pensando em ajudar você nessa tarefa, nós decidimos produzir este conteúdo. Nele, você aprenderá algumas das principais vantagens de realizar uma aplicação imobiliária. Vamos lá!

  • Segurança

Os imóveis são bens tangíveis, ou seja, têm valor agregado. Por isso, entre todos os tipos de investimento, o imobiliário é o que tem maior estabilidade histórica. O motivo disso é que, diferente das ações, por exemplo, o investidor não corre o risco de perder o capital investido devido a causas externas.

Mesmo em fases econômicas negativas, esse bem permanece na posse do proprietário, e pode ser negociado com boa margem de lucratividade. Só para materializar o que estamos falando, no período turbulento da incerteza financeira nacional, investidores conseguiram vender seus imóveis à vista para compradores que já tinham um capital reservado.

  • Rentabilidade

Como já abordado, o investimento imobiliário une as características das rendas fixas e variáveis. Então, dependendo da região em que o imóvel está localizado, os lucros obtidos com esse tipo de investimento podem ser surpreendentes. Sendo assim, seja pela valorização, seja pela correção da taxa de juros, sempre haverá rendimentos para o proprietário.

  • Variedade

Outra vantagem da aplicação financeira em imóveis é a variedade de opções de investimento. Além de poder alugar ou vender, o proprietário tem a liberdade de escolher o tipo de imóvel que deseja adquirir em conformidade com o apelo de uma determinada região.

Por exemplo, se o desejo é comprar imóveis em uma cidade litorânea, ao adquirir apartamentos próximos à praia, o proprietário pode alugá-los por temporada. Em contrapartida, em grandes centros urbanos, o mesmo tipo de habitação seria negociado para uma locação fixa. Ademais, o investidor pode explorar vários perfis de compradores ou locatários, e também alugar ou vender os imóveis para inúmeras finalidades, como as comerciais.

  • Liquidez

Dependendo da localização do imóvel, a sua liquidez pode ser muito boa. Em especial, se a região for dotada de:

  1. Uma forte rede comercial;
  2. Várias linhas de transporte público;
  3. Excelente infraestrutura;
  4. Empreendimentos de luxo;
  5. Pontos turísticos.

O que achou do nosso conteúdo? Sente-se preparado para mergulhar no investimento imobiliário? Então, entre em contato conosco para conhecer o Gran Life Medical Complex, um projeto inovador – que já é tendência nas principais metrópoles do mundo – localizado no centro de Anápolis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *